Fotografia - Renata Pineze e Dante Copesky


Que saudade eu estava de falar sobre fotógrafos aqui no blog! Dessa vez quero apresentar a vocês a Renata Pineze, uma fotógrafa talentosa que descobri pelo Facebook. Ela e o Dante Copesky são casados e trabalham juntos (são o casal lindo acima). Ela é uma ex-psicóloga e ele um ex-músico. Se apaixonaram um pelo outro e pela fotografia. Atualmente moram em Sinop-MT, mas estão sempre dispostos a viajar para registrar memórias onde quer que seja. Confira alguns dos trabalhos deles:










Acompanhe o trabalho da Renata e do Dante: FANPAGE / BLOG

O que acharam do post? Comentem!
Beijos <3


Links legais da Semana


Olá! Começo hoje uma nova tag no blog: Links da semana. Nos posts dessa tag vou disponibilizar links contendo dicas, informação, curiosidades e entretenimento. Os assuntos serão variados e amplos. Confiram os escolhidos da vez:

-Descubra o segredo da arte de rua que só pode ser vista quando chove (aqui).



- Um lindo texto sobre amor e distância 
"Era uma vez uma pessoa. E era uma vez outra pessoa. E era uma vez um amor. E como se já não bastassem todas as complicações inerentes ao amor, este vinha com um bônus: quilômetros.
Quilômetros de distância que estavam lá por alguma razão. Trabalho, estudo, família, raízes, origens, destino, sorte ou azar. Quilômetros estes pelos quais circulavam diariamente as tradicionais e inevitáveis saudades, as inegáveis angústias, a latente ansiedade e a eterna sensação de ser um pouco injustiçado pela vida."
Continue lendo (aqui).

- É blogueira? Aprenda como divulgar seus posts em vários grupos do facebook de forma prática. (aqui).

- Trigêmeas fazem casamento triplo no RS (aqui)

-Quer ter esse descanso de tela no modelo relógio "flip", famoso nas fotos de home officers ? Faça download dele clicando aqui.



- Cansada dos slides monótonos do Power Point? Crie apresentações criativas no site PREZI, aqui.




O que acharam dos links? Comentem!
Beijos <3

Jogo no amor



Um jogo onde dois participantes montam estratégias para ver quem faz o outro se entregar primeiro, dizer a declaração mais bonita ou explodir de ciúmes. Onde provocar a insegurança alheia é sinônimo de vitória, fazer o outro correr atrás de você é conquista e ser indiferente é ser forte. Seria cômico se não fosse trágico: é o que alguns chamam de relacionamento. Onde dois idiotas de guarda alta passam mais tempo se medindo do que se aproveitando.

O que mais me intriga nisso tudo, é que funciona para uma quantidade assustadora de pessoas. Tem gente que não sabe amar sem levar uns “chega lá” de vez em quando. Que insiste justamente no fulano que não quer saber de compromisso algum. Que a amiga, a mãe, a tia, o cachorro, já falaram “sai dessa”, mas parece que fazer papel de trouxa virou profissão. Tem gente que engole a indiferença com uma facilidade tão grande que me assusta. Que acha que qualquer migalha de amor vai completar o oco do seu coração. Que tem medo de chutar o pau da barraca, levantar a cabeça e achar um amor que realmente te satisfaça. Que merece cada ligação não atendida, cada resposta seca e desinteressada, porque acima de qualquer um, é culpada pela posição que ocupa. 

É uma questão de educação emocional – fugir de tudo aquilo que não é recíproco, que te põe pra baixo e não te completa. Amor é sintonia. A busca não deve ser por instabilidade, e sim por equilíbrio.  Um relacionamento em que você precisa fazer reservas de atitudes e sentimentos, não é um relacionamento onde você deva estar. E se você consegue ser racional e enxergar que merece muito mais do que fulaninho está disposto a oferecer, cai fora! As coisas bonitas da vida foram feitas pra serem compartilhadas apenas com aqueles que sabem valoriza-las.


Quando for amor de verdade, você entenderá. Vocês dois deixarão de ser meros jogadores e passarão a ser espectadores de um romance onde a vida segue sem freios. A busca pela felicidade alheia permeará as prioridades da sua vida e a estabilidade e a paz de uma relação segura farão você pensar: “como não vivi isso antes?”.  Você valorizará cada gesto, cada palavra e se entregar será sinônimo de liberdade. Serão dois apaixonados, derramados um aos pés do outro, dispostos a crescer juntos numa relação que foge do egoísmo e exalta a cumplicidade. 

Viagem: Floripa! - parte 2


Olá! Esse é o segundo post da minha viagem pra Floripa. Como eu disse anteriormente, fomos a Florianópolis para uma consulta médica da minha mãe e aproveitamos para passear um pouco e conhecer a cidade onde o meu namorado mora. Essas fotos são de um domingo nublado e fresquinho.

Primeiro passamos em Coqueiros, na praia de Itaguaçu, onde tem um tablado na beira da praia e pedras grandonas e bem legais pra tirar foto. Depois fomos dar uma olhada na praia Joaquina, onde ficamos bem pouquinho porque estava ventando muito e eu quase morri de frio! Aproveitei pra fotografar uma casinha bem simpática na beira da praia. Depois demos uma passada no Mirante da Lagoa da Conceição e por último fomos à praia de Moçambique, a maior da ilha. Lá eu aproveitei e tirei bastante fotos legais! Confiram:







O que acharam do post? Comentem!
Beijos <3

Viagem: Floripa!


Oi, gente! Que saudade daqui! Primeiramente queria explicar o meu sumiço. Minha mãe passou por um problema sério de saúde e eu acabei ficando sem tempo e perdi toda a criatividade e vontade de postar. Quando algo tenso acontece com algum ente querido parece que toda a nossa vida fica fora do lugar. Mas graças a Deus e a orações de amigos e familiares minha mãe se recuperou! E agora, mais tranquila, vou voltar a postar aqui no PF.

Fomos a Florianópolis para uma consulta médica da minha mãe e aproveitamos para passear um pouquinho. No sábado à tarde conhecemos um pouco da região onde fica a Igreja de Santo Antônio de Lisboa e também o mirante da ponte Hercílio Luz. O mirante proporciona uma vista legal e o local é muito gracinha. Fomos lá, de novo, à noite para ver a ponte com as luzes acesas. Confiram:











O que acharam do post? O próximo vai ter fotos na praia!
Beijos <3